Buscar
  • Renata Schwerz

MANUAL FASHION WEEK F/W 2021

As semanas de moda mudaram completamente suas dinâmicas nesse último ano, se adaptando cada vez mais ao mundo digital e a maneira como estamos consumindo esses conteúdos, mas se tem algo que continua estável é a capacidade de surpreender e maravilhar que esses eventos ainda tem sobre nós.


Nestes últimos meses tivemos as grandes Fashion Weeks mundiais: Nova York, Londres, Milão e Paris. As quais possuem diversas diferenças entre si e por isso montei um mini guia sobre a proposta de cada uma dessas semanas junto com uma seleção do melhor de cada uma delas (e que difícil escolher) para vocês darem uma olhada.


Nova York

Conhecida por ser a semana mais “comercial” a NYFW possibilita uma pegada mais cotidiana para as coleções, é onde vamos verificar o prêt-à-porter de forma mais simplificada e voltada ao mercado de consumo final possível.


Phillip Lim

A alfaiataria confortável ganha destaque na coleção "3.1" de outono/inverno do designer Phillip Lim, com a proposta de uma releitura do essencial vemos como o artista conseguiu trazer o toque de glamour a peças super funcionais.


Coach

A nova coleção da Coach apresentada como "Coach TV" foi a assinatura da marca de que a era digital chegou para os desfiles e isso é definitivo. A grife focou na experiência criada para quem estava assistindo e na ideia de que a roupa fazia parte da história a ser contada.


Altuzarra

Conforto é a palavra chave na nova coleção da marca Altuzarra que apesar de ser uma grife super polida e sofisticada, arrumou uma maneira de levar esse conforto, que ficamos tão acostumados nesse último ano, para outro nível.




Londres

A representação do novo acontece aqui, a semana de moda de Londres é famosa por dar espaço aos novos designers que estão se lançando no mercado, como a cidade conta com faculdades de moda incríveis é comum verificar recém formados desfilando suas coleções por aqui. Experimentação é a palavra chave para observar essa fashion week.


Molly Goddard

Já citada por aqui antes, no post dos Melhores Looks do Globo de Ouro 2021, a marca londrina que vem fazendo um sucesso enorme nos últimos anos, lançou na semana de moda de Londres a nova coleção de outono/inverno inteirinha fabricada dentro do Reino Unido, com saias escocesas tradicionais e sua marca assinada: o tule.


Toga

A marca mistura a origem japonesa da designer Yasuko Furuta com diversas outras áreas da carreira da mesma. Essa mistura se fez bastante evidente na ultima coleção desfilada na semana de moda de Londres.




Milão

A cidade italiana é um dos berços da moda mundial e portanto sua fashion week possui mais prestígio no cenário de luxo do que suas duas antecessoras. Grandes nomes são vistos aqui, onde o conceito é muito mais forte que o lado comercial.


Fendi

Inspirado na história da grife e na história de Roma, o designer Kim Jones assinou sua primeira coleção de ready-to-wear feminina, a qual permitiu aos telespectadores observarem os desdobramentos da cidade e da marca.


Prada

A marca trabalhou em uma coleção voltado ao otimismo, a sensação de que as coisas irão melhorar. A grife conta agora com duas mentes incríveis por trás das cortinas, juntamente com Miuccia Prada está Raf Simons, que nessa coleção nos apresentaram mais leveza nas peças.


Valentino

Diferente de shows anteriores, que costumam ser extravagantes e visualmente intensos, esse ultimo desfile foi centrado e direto, as peças de alfaiataria bem estruturadas e as rendas fluidas junto com a paleta de cor sóbria do desfile trouxe uma relação mais direta com o público.




Paris

A mais esperada de todas é a semana final onde Paris apresenta a essência das fashion week mundiais, bem como na italiana, conceito é a palavra chave aqui, as grifes mais conceituadas fecham a semana de moda com um espetáculo artístico de tradição.


Courrèges

Apresentando o novo designer da marca, Nicolas Di Felice, que fez o desfile dentro de um cubo branco construído em uma estação de trem onde o artista buscou dar uma nova cara a marca icônica dos anos 60.


Loewe

"Color therapy" foi o que o designer da marca disse conversando sobre a nova coleção da Loewe com a Vogue Francesa, o novo colorido da grife impactou muitos no meio da moda e a coleção nova traz realmente algo de terapêutico sobre as formas e as cores escolhidas.


Louis Vuitton

Ano passado a grife fechou com chave de ouro a ultima semana de moda que seguia o padrão "antigo" presencial, com públicos, em eventos semestrais e hoje finaliza mais uma semana de moda, dessa vez em uma nova era, que muito provavelmente não voltara a ser exatamente o que era antes.


Beijos, Re.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo